Buscar
  • Geyson Gabriel Frare

Incansáveis X Faláveis


Depois de trabalhar um tempo com recrutamento de pessoas, desenvolvimento, e mais de 10 anos no mercado publicitário, além de já ter atendido mais de 200 pessoas através de processos de coaching, consegui perceber que podemos dividir as pessoas em três grupos, as que querem e fazem de tudo para que a coisa dê certo, as que questionadas falam que querem , mas que não o fazem. E há um terceiro grupo, o maior, é o grupo do “deixa a vida me levar”, esse grupo não vou entrar em detalhes, é um grupo não desperto que está na média, e que hoje ainda é necessário por “sua mão de obra” mas em 30 anos será substituído por máquinas, desse terceiro grupo vou parar por aqui.


Vou nomear os outros dois grupos, as pessoas que fazem que a coisa dê certo e mudam a sociedade e o mundo de “INCANSÁVEIS” (em referência ao livro do Mauricio Benvenutti), já o outro grupo de pessoas vou dar o nome de FALÁVEIS (porque falam bastante). Considero esse dois grupos antagonistas em resultados, o grupo dos INCANSÁVEIS geralmente são pessoas que saem do nada (não é regra) e de situações desfavoráveis e criam coisas realmente extraordinárias, já os FALÁVEIS geralmente são pessoas que partem do meio pra cima da pirâmide social, aprendem muita teoria, aprendem muita prática, mas não conseguem ser INCANSÁVEIS, e param, desistem, ou mudam de rota, aí se tornam FALÁVEIS criam discursos lindos e contextualizados de seus aprendizados, de como tudo é como é pra ser, de como fatores externos ou influenciam, etc. De fato, fatores externos influenciam e muito, mas não há como controlar o vento, mas podemos controlar as velas do barco, e isso os INCANSÁVEIS aprenderam a fazer desde muito cedo, mudar a posição das velas e lutar contra a adversidade.


Por outro lado apesar desses dois grupos serem antagonistas nos resultados, eles convivem juntos tanto no meio empresarial, quanto no meio social, e isso acontece principalmente por um motivo “Mobilidade Social”, como já citei os INCANSÁVEIS como Steve Jobs, Tony Robbins e Flávio Augusto partem de baixo paro o topo, já os FALÁVEIS geralmente estão no meio do caminho por isso se encontram (infelizmente não tenho nomes do segundo grupo para citar pois eles nunca fizeram e nunca farão história, mas é aquela pessoa que você ouve assim dela: Tinha tudo pra dar certo e se acabou em nada). E nesta mobilidade social que começa a grande confusão, quem realmente é bom e quem só fala, quem realmente será um ótimo sócio, parceiro e até cônjuge, ou quem está só pra dizer que poderia ser, se não fosse as “ondas radioativas que saíram da “Área 51” e acertaram as pirâmides do México e isso alterou seu humor e por isso hoje ele vai para um bar beber e trocar ideia com um coaching quântico em vez de trabalhar.” Já um INCANSÁVEL vai trabalhar de baixo de chuva as 6h da manhã, depois de já ter arrumado a sua casa, feito atividade física e café, tudo isso sem ter a necessidade de postar no Instagram uma foto com a hashtag #Superação.


Olhando de longe esses dois grupos de pessoas são muito parecidas, mas pode ter certeza você só precisa de INCANSÁVEIS perto de você, principalmente se você for um FALÁVEL e quer mudar, o que faz uma pessoa se tornar INCANSÁVEL é um negócio chamado PROPÓSITO, é algo intrínseco praticamente no DNA da pessoa é algo que ela tem como objetivo de realizar contra todas previsões, algo que não muda, algo que faz o olho brilhar, que faz ela tirar todo dia a cabeça do travesseiro. Já os FALÁVEIS lidam diariamente com uma falta de propósito o que o tornam inconstantes, e sempre muito bons em dar conselhos, viver uma vida que não é deles e terem sempre algo para dizer e argumentar sempre, são ótimos coadjuvantes. E os INCANSÁVEIS não dão conselhos também? Sim, mas o conselho do INCANSÁVEL é experiência, é sangue no olho, você percebe o quanto aquilo tem peso é diferente dos conselhos dos FALÁVEIS que não passam de palavras vazias ou coisas que aprenderam ouvindo de outros, FALÁVEIS vivem a vida em looping, por isso não prosperam.


Como já falei estes dois grupos frequentam o mesmo lugar, então decidir bolar algumas perguntas para começar a ter apenas INCANSÁVEIS ao redor de mim, como parceiros, clientes, enfim no meu ecossistema, acredito que onde quero chegar os “FALÁVEIS servem o café da manhã”. Aí vai as perguntas para você identificar os dois grupos de pessoas, e identificar:


1- Como você estava cinco e dez anos atrás e o que você pode identificar que de lá para hoje melhorou? (Seja pragmático, os FALÁVEIS dão respostas conceituais, Ex. Sou mais responsável agora, aí já estabeleça uma segunda pergunta me diga uma situação que comprova isso?)


2- Onde você vai estar de certeza daqui 5 meses e daqui 5 anos?


3- Qual o maior problema da sua vida que você resolveu sozinho? (Aqui é o pulo do gato você vai perceber que os INCANSÁVEIS vão falar geralmente de problemas que envolviam mais pessoas e tiveram que resolver, FALÁVEIS vão falar de problemas mais egoístas)


4- O que, ou quem você já liderou, que resultado obteve? (Peça números, prêmios e resultados palpáveis)


5- Existe alguma ação ou atividade que você faz por mais de  5 anos e mesmo assim você faz cada dia melhor, o que é?


6- Me diga algo que não deu certo na sua vida e porque? (INCANSÁVEIS vão assumir a responsabilidade, e dizer o que aprenderam com o erro, FALÁVEIS irão no mínimo compartilhar o erro se não terceirizar por completo)


7- Faça perguntas específicas, conhece Mercado Financeiro? Conhece sobre desenvolvimento humano? Conhece sobre crossfit? Já pensou em correr uma maratona? E Política? Alimentação saudável? Entende marketing e vendas? (FALÁVEIS vão saber sobre tudo, INCANSÁVEIS talvez não vão nem conhecer tudo mas terão tido alguma grande ação em algumas áreas.)


8- Me fale sobre a sua família? (Por fim e talvez o mais importante INCANSÁVEIS evitam e aceitam conflitos familiares, FALÁVEIS geralmente descontam suas frustações nas pessoas que mais lhe dão afeto.)


Meu Deus Geyson, sou um FALÁVEL tenho solução? Sim, uma única talvez, acabe com seu Ego e procure a conviver com um INCANSÁVEL, pare de se preparar e comece a agir, uma característica é que para os FALÁVEIS sempre falta algo, já os INCANSÁVEIS estão sempre prontos. Sou um INCANSÁVEL e convivo com muitos FALÁVEIS o que faço? Seja duro e pragmático faça eles mudarem por seu exemplo, faça eles perceberem o quanto falam e o pouco que tem como resultado, mantenha uma constância no desenvolvimento dos resultados deles, lembre-se, RESULTADO, não ouça o que ele faz, vá lá e veja o que realmente ele está fazendo, se não houver mudança em um determinado prazo, corte ele, pois será um atraso.


Adoro teoria, saber de coisas novas, até astrologia, mas o negócio nesse mundo físico deve ser pragmático e resiliente, lembre-se o plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória, é impossível você plantar quiabo e colher uma doce maçã. Nossos resultados nada mais são a soma das pessoas que andamos, lugares que frequentamos e hábitos que alimentamos. Se mantenha como um apreendedor INCANSÁVEIS sempre conseguem tempo para tudo que lhe fazem sentido, seja filosófico em suas ideias, mas pragmáticos em suas ações em busca de seu PROPÓSITO. Para dar certo só depende de você.

0 visualização

Siga-nos nas redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • YouTube - Círculo Branco

Volte ao início